A adorável psicose do “Bad hair day” + cortes de cabelo

574993_423346321085720_19880028_n

Você coloca a melhor roupa, passa aquele seu perfume que você tanto gosta, mas quando se olha no espelho, percebe que o cabelo não esta exatamente do jeito que você sonhou que estivesse na noite passada. De repente eis que surge aquele “ninho de cobra” e bate aquele desespero e uma vontade de deitar e não sair de casa pelas próximas 24 horas.

original

O nome desse pesadelo é “bad hair day” e graças a Deus, eu nunca tive, afinal, cabelo ruim não tem muito jeito, e passar a “zero” é quase sempre a solução mais eficaz. Além de cavar um buraco pra enfiar a cabeça, passar all day long em casa e descer no salão da rua da rua debaixo e mandar “passar a zero”, existem cortes que podem te tirar do fundo do poço que é o bad hair day. Separei alguns cortes masculinos, afinal, homem também sofre quando o assunto é cabelo.

Quiff
p1

Esse é um dos cortes que eu acho mais legais e modernos, apesar de ter surgido nos anos 50. O “Quiff” nada mais é do que um corte onde as laterais são mais “baixas” e com um topetão bem no estilo rockabilly. Bruno Mars aderiu e acertou.

Peaked Side Crop
p5

Esse é o mais simplesinho e o que é mais conhecido. Veio lá da época em que as forças armadas recrutavam homens pra guerra mundial. O tempo foi passando e o corte se adaptando, e hoje é o que mais faz a cabeça dos homens.

Black Power
page

Esse é o melhor corte do mundo, na verdade, não do mundo inteiro, mas o único que ainda da pra fazer no meu cabelo. Não exige muitos esforços mas na hora de fazer eu super indico procurar um cabeleireiro especializado em cortes afro, afinal, ninguém quer ficar com um black power alá Elza Soares, né?!

Indie Britânico
4p

Esse é o famoso “sem regras”. Não tem padrão definido, pode ser jogado pra frente, curto dos lados ou comprido. O aspecto “largado” que ele dá acaba virando um “charme”. O corte ficou popular na Europa e em seguida no mundo inteiro depois de ter sido usado por integrantes de várias bandas indie britânicas.

Longos
p2

Os longos. Ah os longos… São até legais e na maior parte do tempo usados no inverno. Lisos ou cacheados, também foram aderidos por vários famosos, desde vocalistas loucões de banda de rock pauleira até galãs de comédia romântica no cinema.

Espero que as dicas livrem vocês da depressão pré e pós bad hair day. Amém!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s